Descobrir e ir ao encontro – o mote para os Campos de Férias promovidos pelo ISCF

O setor da pastoral juvenil do Instituto Secular das Cooperadoras da Família (ISCF) vai levar a cabo dois campos de férias. Um para jovens dos 12 aos 15 anos e outro para jovens a partir dos 16 anos. O primeiro decorrerá de 26 a 30 de junho, na Guarda, e o segundo de 21 a 26 de julho, em Fátima.

Trata-se de uma iniciativa que pretende dar sentido às férias dos jovens partindo “À Descoberta”, no caso dos mais jovens, ou indo “Ao Encontro”, no caso dos mais crescidos.
Descobrir, conviver, partilhar, refletir, brincar, viver e encontrar são o mote para vários dias onde as palavras de ordem são dar e receber.

Para estes dias de aventura basta um saco cama, tolha e o necessário para a higiene pessoal, um instrumento musical, caso a música também faça parte da vida de cada um, caderno e esferográfica e muita alegria e boa disposição.

As inscrições para jovens entre os 12 e os 15 anos decorrem até 20 de junho e para jovens com mais de 16 anos decorrem até 14 de julho.

Para mais informações:
Lúcia Duarte e/ou Cristina Reis
Telm. 925299066 / 925299065
Email:luciaduarte21@gmail.com
j.focosesperanca@gmail.com

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Relacionado

Outras Notícias

Um novo ano político muito importante

Em 2024, mais de 60 países vão a votos, entre os quais Portugal. Murillo Missaci reflete sobre a necessidade de envolvimento dos jovens na política “de uma forma ativa, informada, crítica e responsável, tendo como referência a sua fé, a sua identidade e sua missão como cristãos”.

Ler Mais >>

Silêncio, por favor!

Os “ruídos de um mundo anónimo” são o tema de reflexão de Ana Medina sobre a quantidade de informação que nos chega sem que a “tenhamos pedido”.

Ler Mais >>

Veneza, uma história entre ocidente e oriente

O pretexto para esta viagem foi o Carnaval, mas o encanto não se ficou pelas máscaras de Veneza. A icónica praça e Basílica de São Marcos captaram a atenção de Cristiano Cirillo que nos leva numa viagem pela história deste templo.

Ler Mais >>

Promover a leitura compete a todos nós

Saber ler não significa apenas juntar letras de forma a articular palavras. Ler implica, também, “interpretar” e “compreender”. O último relatório Pisa diz-nos que nestas questões Portugal baixou o seu nível. O mote para a reflexão da professora Goretti Valente.

Ler Mais >>