Netos inspiram livro infantil do avô escritor

O livro “Principezinhos Encantados” vai ser apresentado no próximo dia 15 de dezembro na Obra de Santa Zita da Covilhã.

O Diogo, com 1 ano e 2 meses e o Duarte com 3 anos foram os inspiradores da aventura. O escritor e avô António José da Silva baseou-se na vida quotidiana da creche e jardim de infância da Obra de Santa Zita da Covilhã e deu corpo ao livro infantil  “Principezinhos Encantados”. Um livro que, segundo o autor, se dirige “a todos os meninos do mundo, porque todos eles representam para os pais e avós, o expoente máximo de ternura, carinho e amor”.

O livro vai ser apresentado no próximo dia 15 de dezembro, pelas 17h15 nas próprias instalações da Obra de Santa Zita da Covilhã, a creche e jardim de infância que os netos do escritor frequentam desde os cinco meses de idade.

A história deste livro infantil, narrada toda em poesia,  parte de  um “Sonho Encantado do Duarte e do Diogo, culminado no gravitar de vida dos brinquedos, que de súbito se transformaram em seres falantes, saltitantes e participativos”, conta António José da Silva ao Jornal da Família.

O carinho e o amor com que o António trata os netos está bem batente nos versos que irão transportar toda a família ao mundo maravilhoso da infância. Para António José da Silva “O Homem de hoje, vive sempre dento da criança que foi ontem”.

“Principezinhos Encantados” é já o 5º livro do escritor, natural da Covilhã, que conta também com poemas em várias antologias poéticas e já viu um dos seu poemas premiado.

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Relacionado

Outras Notícias

Sinais de esperança, sinais proféticos

Não basta apelar à esperança, há que ser testemunha e agente dessa esperança. “O texto da Bula de Proclamação do Jubileu 2025 identifica alguns sinais de esperança que, neste momento, é urgente protagonizar”, afirma Juan Ambrosio que nos guia pelo itinerário traçado pelo Papa Francisco.

Ler Mais >>

A caminho de El Rocío

Cristiano Cirillo passou por terras da Andaluzia e não podia deixar de peregrinar à Romaria da Virgem de El Rocío. Um olhar atento à história, à devoção mariana que ali se vive e a toda a festa que envolve a peregrinação.

Ler Mais >>

Dia dos Irmãos

“Se não formos fraternos, não somos humanos”, escreve a Comissão Episcopal do Laicado e Família na mensagem para o Dia dos Irmãos que se celebra a 31 de maio.

Ler Mais >>