Símbolos da JMJ chegam a Lisboa no Domingo de Ramos de 2020

A grande cruz de madeira e o ícone de Nossa Senhora deixaram o Panamá rumo à JMJ de Lisboa.

Os católicos do Panamá despediram-se no passado domingo (dia 23 de junho) dos símbolos da Jornada Mundial da Juventude, uma grande cruz de madeira e um ícone de Nossa Senhora.
 

Numa missa a que assistiram milhares de pessoas, sobretudo jovens, a hierarquia da igreja panamenha despediu-se dos símbolos, que estiveram durante dois anos no país.
 

Os símbolos da JMJ começam agora uma longa viagem até Lisboa, mas antes ainda passarão por Roma.
 

A chegada a Lisboa, diocese que vai acolher a próxima JMJ, em 2022, está prevista para o dia 5 de abril de 2020, Domingo de Ramos.

https://platform.twitter.com/embed/Tweet.html?dnt=false&embedId=twitter-widget-0&features=eyJ0ZndfZXhwZXJpbWVudHNfY29va2llX2V4cGlyYXRpb24iOnsiYnVja2V0IjoxMjA5NjAwLCJ2ZXJzaW9uIjpudWxsfSwidGZ3X2hvcml6b25fdHdlZXRfZW1iZWRfOTU1NSI6eyJidWNrZXQiOiJodGUiLCJ2ZXJzaW9uIjpudWxsfSwidGZ3X3NwYWNlX2NhcmQiOnsiYnVja2V0Ijoib2ZmIiwidmVyc2lvbiI6bnVsbH19&frame=false&hideCard=false&hideThread=false&id=1142835087085580288&lang=pt&origin=https%3A%2F%2Fiscf.pt%2Fnoticias%2Fler%2F753-simbolos-da-jmj-chegam-a-lisboa-no-domingo-de-ramos-de-2020&sessionId=21033fd3387253ad32541f6f15355ac19e656f9f&theme=light&widgetsVersion=86e9194f%3A1641882287124&width=550px

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Relacionado

Outras Notícias

Papa denúncia solidão e abandono dos idosos

“Muitas vezes me sucedeu, como bispo de Buenos Aires, ir visitar lares de terceira idade, dando-me conta de como raramente recebiam visitas aquelas pessoas: algumas, há muitos meses, não viam os seus familiares”. Papa denúncia a solidão e o abandono dos mais velhos na mensagem para o IV Dia Mundial dos Avós e Idosos.

Ler Mais >>

Não te abandonarei!

No próximo dia 28 de julho assinala-se o IV Dia Mundial dos Avós e dos Idosos. Na mensagem para este dia, o Papa Francisco denuncia a solidão e o abandono dos mais velhos. Juan Ambrosio pega na mensagem do Papa para nos lembrar que avós e idosos “não são só o passado, são também o presente que nos pode dar a garantia de um futuro mais humano”.

Ler Mais >>

Casamento como ato de amor e coragem

Num tempo marcado pelo efémero e pelo descarte “é preciso tomar a cultura do cuidado em relação ao matrimónio”, afirma o Pe. Quirino Sapalo, autor do livro “Casamento-to Hoje – Um desperdício de tempo ou ato de coragem”.

Ler Mais >>

Dia Mundial da População

Neste mês, a convite da ONU, assinala-se o Dia Mundial da População. Somos mais, mas não estamos equitativamente distribuídos pelas várias regiões do globo. E qual o papel da Igreja no planeamento e desenvolvimento populacional mundial. Murillo Missaci reflete sobre o tema.

Ler Mais >>

Férias “pedagógicas”

Os meses de verão são, para muitas pessoas, sinónimo de férias em família. Para as crianças são um tempo mais descontraído depois das regras e disciplina do ano letivo. Mas cuidado… não se pode ceder a todas as “exigências” das crianças. Jorge Cotovio, avô de cinco netos, deixa algumas dicas para que as crianças não esqueçam as regras básicas de convivência em período de férias.

Ler Mais >>