Viver o Natal em tempo de pandemia

Na creche e pré-escolar O Botãozinho, em Carcavelos, o presépio saiu à rua para que as famílias pudessem ser incluídas no Natal da escola e a solidariedade chegou a outros continentes. Histórias de um Natal que ficará na história.

Neste ano tão atípico devido à pandemia por COVID-19, a equipa pedagógica do Botãozinho (creche e pré-escolar, em Carcavelos,  ligados às Cooperadoras da Família) foi obrigada a reinventar-se, a ultrapassar diariamente os constrangimentos, a garantir que continuamos a proporcionar uma educação de qualidade às nossas crianças, transmitindo segurança às famílias com quem trabalhamos…

A chegada do tempo de Natal foi outro desafio: não podemos celebrar o Natal da forma habitual: o convívio de Natal com as famílias não pode acontecer, o nosso tão famoso presépio com figuras em movimento não pode ser montado este ano numa escola que, contrariamente à sua missão, se viu obrigada a deixar as famílias literalmente à porta da escola!

      


           Presépio Pré-escolar     Presépio Creche

Resolvemos o problema colocando o presépio no exterior… mas como, se temos agora entradas diferentes para a Creche e para o Pré? Construímos não um, mas dois presépios… Como? Imbuídos com o espírito do projeto que vivemos este ano, “Crescer e brincar ao ar livre”, fizemos os nossos presépios com materiais naturais,repletos de criatividade mas também cheios de amor, luz e esperança! Assim, os nossos presépios puderam ser visitados por toda a comunidade…

A vivência do Natal no Botãozinho é sempre vivida em espírito de solidariedade. Este ano, em que devido à Pandemia, tantas famílias ficaram na pobreza, associámo-nos à Campanha de Cabazes de Natal do Centro Comunitário da Paróquia da Parede, que tem por objetivo apoiar as famílias carenciadas da nossa comunidade. Não nos fazia sentido as crianças trazerem bens alimentares, quer por uma questão de impossibilidade de desinfeção dos mesmos, quer porque é difícil que as nossas crianças tão pequeninas compreendam que podem trazer alimentos mas não podem trazer os seus brinquedos no dia a dia.  Assim, todas as nossas crianças fizeram um mealheiro que levaram para casa de modo a que pais, família e amigos pudessem dar a sua contribuição solidária para esta missão. Com o valor retirado dos quase 250 mealheiros, foi possível comprar bens alimentares para 180 famílias, tais como azeite, arroz, leite, atum e muito mais.

                                                                            Mealheiros     

      Árvore de bens                                                                                                           Árvore de bens

Uma outra notícia que nos deixou muito felizes veio de longe: recebemos a informação de que a esperança chegou a São Tomé e Príncipe. Através da Cultursol, Cultura e Solidariedade, o Botãozinho doou 38 camas para a creche do ECRA – Espaço Comunitário em Ribeira Afonso, Cantagalo. Como foram muitas as camas enviadas, o ECRA optou por doar algumas a outras roças vizinhas de Cantagalo, algo que vai trazer muita felicidade a todos, pois antes os bebés dormiam em esteiras no chão.

Terminámos o tempo de Advento com chave de ouro, com um Concerto On-line para todas as famílias do Botãozinho onde as nossas crianças espalharam ternura e amor…

Gostaríamos de terminar partilhando um belíssimo texto do Cardeal José Tolentino Mendonça: “Parece paradoxal, mas o tempo presente representa também uma oportunidade para nos reencontrarmos. Confinados a um isolamento compreendemos talvez melhor o que significa ser – e ser de forma radical – uma comunidade. A nossa vida não depende apenas de nós e das nossas escolhas: todos estamos nas mãos uns dos outros, todos experimentamos como é vital esta interdependência, esta trama feita de reconhecimento e de dom, de respeito e solidariedade, de autonomia e relação. Todos esperam uns dos outros e estimulam-se positivamente a que façam a sua parte. Todos contam.”

O Botãozinho espera que TODOS tenham tido um Santo Natal e deseja a TODOS um Feliz Ano Novo.     

           Filomena Santos Silva – Psicóloga no Botãozinho

A reação das famílias

A reação  das famílias aos presépios e aos projetos de solidariedade não se fez esperar. Através de publicações nas redes sociais, quer Facebook, quer Instagram, onde habitualmente O Botãozinho dá conta das suas atividades, muitos foram os comentários de pais e amigos desta instituição que encheram o coração de toda a equipa que ali trabalha e que os faz acreditar que estão no caminho certo. Deixamos aqui alguns desses comentários.

J. P.: “Boas acções com boas ideias e fazer bem sem olhar a quem.”

R. F.: “Ai agora ate fiquei com os olhos com lágrimas! Obrigada! Obrigada! Obrigada! A melhor forma de uma escola transmitir bons valores às crianças é dando o exemplo.”

C. D.: Bravo, que presentes maravilhoso já puseram no Presépio!!! Jesus deve estar a sorrir para vós!!! Cada dia vos admiro mais!!! Um Santo Natal para todas!!!”

M.L. A.: “Muito bonito, original e ecológico!!! Santo Natal”

G. S.: “O presépio deste ano está diferente, mas muito bonito.”

R. F.: “Não há palavras… Está deslumbrante (o presépio)! Só me resta dar os Parabéns a essa equipa maravilha que perante todas as adversidades demonstrou, sempre, uma capacidade de adaptação e improvisação incrível, quer na quarentena quer no regresso, recebendo os nossos filhos com uma serenidade, alegria e carinho que foram fulcrais para todos! E agora, nesta época especial, brinda-nos com esta pérola! Muito, Muito Obrigada e muitos Parabéns! Vocês são um espectáculo!”

J. P.: “Tão bonito, estes trabalhos fazem-nos esquecer um bocadinho o que vai neste mundo, bom Natal para todos vós!

C. A. R.: “Vocês são um sonho tornado realidade, em tudo o que fazem colocam verdadeiramente o melhor de si. O resultado reflete nestes lindos presépios, um grande obrigada!!”

Artigo da edição de janeiro do Jornal da Família

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Relacionado

Outras Notícias

Cultura do descarte

“A cultura do descarte é uma das mais significativas sequelas do vírus do narcisismo”, escreve Furtado Fernandes num artigo que reflete sobre o provisório e o efémero que caracterizam a atualidade.

Ler Mais >>

Em Roma, uma Igreja que fala português

Uma eucaristia em Roma para fazer memória das virtudes heroicas do Pe. Alves Brás deu o mote à rubrica mensal de Cristiano Cirillo pela beleza da espiritualidade em viagem. Por entre a vida e Obra do Fundador da Família Blasiana, ficamos a conhecer a Igreja de Santo António dos Portugueses em Roma.

Ler Mais >>

Padre Joaquim Alves Brás celebrado em Roma

Com os olhos postos no centenário da sua ordenação sacerdotal, o Pe. Alves Brás foi celebrado em Roma por ocasião das datas do seu nascimento e morte. A Igreja de Santo António dos Portugueses acolheu a celebração eucarística e Murillo Missaci conta-nos os pormenores.

Ler Mais >>

Celebrar e fazer acontecer o novo e a novidade

Num tempo de interpelações e desafios constantes “não nos podemos esquecer deste recomeço, desta novidade e deste novo que cada Páscoa nos lembra e volta a fazer acontecer”, diz-nos Juan Ambrosio na sua crónica mensal para o Jornal da Família.

Ler Mais >>