Encontro Internacional Focos de Esperança

Grupo juvenil Focos de Esperança com coração renovado no compromisso de cuidar da criação

“Renova o Coração! Cuida da Criação!” foi o mote para o encontro online (20 de fevereiro) do movimento juvenil Focos de Esperança, ligado às Cooperadoras da Família, num ano de reflexão que assenta no lema  “Levanta-te! Escuta e Cuida”.

Num encontro online, aos grupos Focos de Lisboa(Penha de França), Aveiro, Coimbra, Portalegre, Castelo Branco, Covilhã, Braga, Porto e Fátima juntou-se também o grupo Focos do Brasil.  Um encontro que foi privado dos abraços presenciais, mas que não deixou de ser marcado pelo calor humano dos rostos que há muito não se viam.

Marta Arrais, que muitos se habituaram a ler no sítio da internet iMissio, foi a convidada da tarde. Num encontro que quis comprometer o coração dos jovens com o cuidar da criação, Marta Arrais refletiu sobre  “Vida, Dom e Compromisso” a partir da sua própria experiência pessoal que a tem levado também pelos caminhos do voluntariado.

Defendeu que a “Vida” é só uma “independentemente do sítio onde estejamos”, quer seja na família, na escola, com amigos ou no emprego. O “Dom” é “aquilo que nos é dado e que devemos colocar à disposição dos outros” e o “Compromisso” a resposta à pergunta: “Como nos podemos comprometer com a Vida e com os Dons que temos?”

Marta Arrais focou o seu testemunho no tempo de pandemia que vivemos para lançar aos jovens o desafio do compromisso. “Todos nós temos de nos comprometer senão este tempo vai ser só uma coisa má”, afirmou.  Não deixem “que este tempo seja só uma provação, usem este tempo para transformar a vossa vida numa coisa diferente, na medida que seja melhor para vocês e para os outros”, concluiu. 

A tarde ficou ainda marcada pela criatividade dos grupos de jovens das várias localidades que usaram as possibilidades das ferramentas digitais para se apresentarem, para se divertirem e para transmitirem conteúdos relacionados com a temática do encontro. 

As vítimas da pandemia, os doentes, os familiares e os profissionais de saúde que estão na linha da frente no combate à Covid-19 mereceram as orações de todos.

No final, uma oração encerrou este encontro de jovens com o compromisso de cada um ser um “cuidador da criação”.

IM

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Relacionado

Outras Notícias

Silêncio, por favor!

Os “ruídos de um mundo anónimo” são o tema de reflexão de Ana Medina sobre a quantidade de informação que nos chega sem que a “tenhamos pedido”.

Ler Mais >>

Um novo ano político muito importante

Em 2024, mais de 60 países vão a votos, entre os quais Portugal. Murillo Missaci reflete sobre a necessidade de envolvimento dos jovens na política “de uma forma ativa, informada, crítica e responsável, tendo como referência a sua fé, a sua identidade e sua missão como cristãos”.

Ler Mais >>

Veneza, uma história entre ocidente e oriente

O pretexto para esta viagem foi o Carnaval, mas o encanto não se ficou pelas máscaras de Veneza. A icónica praça e Basílica de São Marcos captaram a atenção de Cristiano Cirillo que nos leva numa viagem pela história deste templo.

Ler Mais >>

Promover a leitura compete a todos nós

Saber ler não significa apenas juntar letras de forma a articular palavras. Ler implica, também, “interpretar” e “compreender”. O último relatório Pisa diz-nos que nestas questões Portugal baixou o seu nível. O mote para a reflexão da professora Goretti Valente.

Ler Mais >>