Encontro Internacional Focos de Esperança

Grupo juvenil Focos de Esperança com coração renovado no compromisso de cuidar da criação

“Renova o Coração! Cuida da Criação!” foi o mote para o encontro online (20 de fevereiro) do movimento juvenil Focos de Esperança, ligado às Cooperadoras da Família, num ano de reflexão que assenta no lema  “Levanta-te! Escuta e Cuida”.

Num encontro online, aos grupos Focos de Lisboa(Penha de França), Aveiro, Coimbra, Portalegre, Castelo Branco, Covilhã, Braga, Porto e Fátima juntou-se também o grupo Focos do Brasil.  Um encontro que foi privado dos abraços presenciais, mas que não deixou de ser marcado pelo calor humano dos rostos que há muito não se viam.

Marta Arrais, que muitos se habituaram a ler no sítio da internet iMissio, foi a convidada da tarde. Num encontro que quis comprometer o coração dos jovens com o cuidar da criação, Marta Arrais refletiu sobre  “Vida, Dom e Compromisso” a partir da sua própria experiência pessoal que a tem levado também pelos caminhos do voluntariado.

Defendeu que a “Vida” é só uma “independentemente do sítio onde estejamos”, quer seja na família, na escola, com amigos ou no emprego. O “Dom” é “aquilo que nos é dado e que devemos colocar à disposição dos outros” e o “Compromisso” a resposta à pergunta: “Como nos podemos comprometer com a Vida e com os Dons que temos?”

Marta Arrais focou o seu testemunho no tempo de pandemia que vivemos para lançar aos jovens o desafio do compromisso. “Todos nós temos de nos comprometer senão este tempo vai ser só uma coisa má”, afirmou.  Não deixem “que este tempo seja só uma provação, usem este tempo para transformar a vossa vida numa coisa diferente, na medida que seja melhor para vocês e para os outros”, concluiu. 

A tarde ficou ainda marcada pela criatividade dos grupos de jovens das várias localidades que usaram as possibilidades das ferramentas digitais para se apresentarem, para se divertirem e para transmitirem conteúdos relacionados com a temática do encontro. 

As vítimas da pandemia, os doentes, os familiares e os profissionais de saúde que estão na linha da frente no combate à Covid-19 mereceram as orações de todos.

No final, uma oração encerrou este encontro de jovens com o compromisso de cada um ser um “cuidador da criação”.

IM

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Relacionado

Outras Notícias

Sinais de esperança, sinais proféticos

Não basta apelar à esperança, há que ser testemunha e agente dessa esperança. “O texto da Bula de Proclamação do Jubileu 2025 identifica alguns sinais de esperança que, neste momento, é urgente protagonizar”, afirma Juan Ambrosio que nos guia pelo itinerário traçado pelo Papa Francisco.

Ler Mais >>

A caminho de El Rocío

Cristiano Cirillo passou por terras da Andaluzia e não podia deixar de peregrinar à Romaria da Virgem de El Rocío. Um olhar atento à história, à devoção mariana que ali se vive e a toda a festa que envolve a peregrinação.

Ler Mais >>

Dia dos Irmãos

“Se não formos fraternos, não somos humanos”, escreve a Comissão Episcopal do Laicado e Família na mensagem para o Dia dos Irmãos que se celebra a 31 de maio.

Ler Mais >>