Papa incentiva a «caminhar» com as famílias e «ajudá-las» nos desafios

É o primeiro de uma série de dez vídeos que vão ser publicados, ao ritmo de um por mês, ao longo do ano especial ‘Família Amoris laetitia’.

É “necessário” começar uma “conversão missionária”, na Igreja e na Pastoral Familiar, para caminhar com as famílias e “ajudá-las” nos desafios que frequentemente “enfrentam sozinhas”, afirmou o Papa no primeiro vídeo dedicado à Exortação ‘Amoris Laetitia’.
 

“Com a ‘Amoris Laetitia’ desejo encorajar cada um a ser sinal de misericórdia e de proximidade onde a vida familiar não se realiza perfeitamente ou não se desenvolve com paz e alegria”, explica o Papa, no primeiro vídeo do ano especial ‘Família Amoris Laetitia’, iniciado a 19 de março.

Francisco afirma que na Igreja e na Pastoral Familiar “é necessário iniciar uma conversão missionária”, para caminhar com as famílias e “ajudá-las” a enfrentar com confiança e serenidade “os desafios que com frequência enfrentam sozinhas”.

O Papa salienta que a Exortação Apostólica ‘Amoris Laetitia’ é uma proposta para os jovens e as famílias cristãs para que “possam estimar os dons do matrimónio e da família” e cultivar um “amor forte, bem enraizado em Cristo”, e cheio de valores como a generosidade, o compromisso, a fidelidade e a paciência.

Para além do Papa, os vídeos contam com testemunhos de famílias dos cinco continentes sobre a sua vida, a caminhada em Igreja e a ‘Amoris Laetitia’ (A Alegria do Evangelho), exortação apostólica sobre a família, com nove capítulos e mais de 300 pontos, publicada em 2016, após duas assembleias do Sínodo dos Bispos (2014 e 2015).
 

“Os primeiros anos do nosso matrimónio foram particularmente desafiadores porque discordávamos sobre a educação dos filhos, mas através do enriquecimento do matrimónio proposto pela Igreja aprendemos a comunicar respeitosamente, a cuidar do dom da família e a tomar decisões quotidianas em função do amor um pelo outro e pelos nossos filhos”, declarou Hung Ching, que está acompanhada pelo marido e os dois filhos.
 

Por sua vez, Michael assinala que acreditam que os jovens “ainda tenham nostalgia da família”, por isso, existe um “desejo de relações de amor”.
 

“Sabemos que a família é sempre o melhor lugar para cultivá-las, mas pode ser difícil por causa da complexidade do mundo em que vivemos”, acrescentou.
 

Este é o primeiro de uma série de dez vídeos que vão ser publicados ao ritmo de um por mês, organizados pelo Dicastério Leigos, Família e Vida em colaboração com o Dicastério para a Comunicação; também foi partilhado um subsídio pastoral, que pode ser descarregado online.
 

“Um caminho de 10 meses para contar a beleza da família. Todos chamados a cuidar com amor a vida das famílias, elas não são um problema, são sempre um dom”, concluiu o Papa.
 

Este ano dedicado à família realiza-se pelos cinco anos da publicação da exortação apostólica ‘Amoris Laetitia’’, a 8 de abril de 2016, após duas assembleias do Sínodo dos Bispos (2014 e 2015).

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Relacionado

Outras Notícias

Papa denúncia solidão e abandono dos idosos

“Muitas vezes me sucedeu, como bispo de Buenos Aires, ir visitar lares de terceira idade, dando-me conta de como raramente recebiam visitas aquelas pessoas: algumas, há muitos meses, não viam os seus familiares”. Papa denúncia a solidão e o abandono dos mais velhos na mensagem para o IV Dia Mundial dos Avós e Idosos.

Ler Mais >>

Não te abandonarei!

No próximo dia 28 de julho assinala-se o IV Dia Mundial dos Avós e dos Idosos. Na mensagem para este dia, o Papa Francisco denuncia a solidão e o abandono dos mais velhos. Juan Ambrosio pega na mensagem do Papa para nos lembrar que avós e idosos “não são só o passado, são também o presente que nos pode dar a garantia de um futuro mais humano”.

Ler Mais >>

Casamento como ato de amor e coragem

Num tempo marcado pelo efémero e pelo descarte “é preciso tomar a cultura do cuidado em relação ao matrimónio”, afirma o Pe. Quirino Sapalo, autor do livro “Casamento-to Hoje – Um desperdício de tempo ou ato de coragem”.

Ler Mais >>

Dia Mundial da População

Neste mês, a convite da ONU, assinala-se o Dia Mundial da População. Somos mais, mas não estamos equitativamente distribuídos pelas várias regiões do globo. E qual o papel da Igreja no planeamento e desenvolvimento populacional mundial. Murillo Missaci reflete sobre o tema.

Ler Mais >>

Férias “pedagógicas”

Os meses de verão são, para muitas pessoas, sinónimo de férias em família. Para as crianças são um tempo mais descontraído depois das regras e disciplina do ano letivo. Mas cuidado… não se pode ceder a todas as “exigências” das crianças. Jorge Cotovio, avô de cinco netos, deixa algumas dicas para que as crianças não esqueçam as regras básicas de convivência em período de férias.

Ler Mais >>