Faleceu o padre Vítor Feytor Pinto

Foi coordenador nacional da Pastoral da Saúde e ao longo do seu serviço à Igreja e à sociedade lutou pela defesa da vida em todas as suas fases.

Faleceu hoje, aos 89 anos, o padre Vítor Feytor Pinto. Da vida, dedicada à Igreja e à sociedade, destaque para o trabalho que desenvolveu como coordenador nacional da Pastoral da Saúde  e dedicação à Paróquia do Campo Grande, no Patriarcado de Lisboa.

O velório tem início hoje, às 18h00, e pelas 21h00 decorre uma vigília de Oração. Amanhã, quinta-feira, D. Manuel Clemente, cardeal-patriarca de Lisboa, preside à Missa de corpo presente, pelas 11h30. Às 14h00 decorre o funeral, no Cemitério do Alto de São João.

O sacerdote, natural de Coimbra, foi ordenado na Diocese da Guarda a 10 de julho de 1955, tendo ficado ligado à divulgação do Concílio Vaticano II no Movimento ‘Por um Mundo Melhor’; ao trabalho na Ação Católica e à vivência do 25 de Abril, antes de chegar à reflexão sobre a Pastoral da Saúde e a defesa dos direitos fundamentais; nos últimos anos, destacou-se pelo trabalho na paróquia do Campo Grande. Ao longo do seu ministério foi Assistente Nacional e Diocesano da Associação Católica de Enfermeiros e Profissionais de Saúde (ACEPS), Assistente Diocesano dos Médicos Católicos e Assistente Diocesano da Associação Mundial da Federação dos Médicos Católicos (AMCP), para além de ter sido fundador do Movimento de Defesa da Vida, em Lisboa.

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Relacionado

Outras Notícias

Sinais de esperança, sinais proféticos

Não basta apelar à esperança, há que ser testemunha e agente dessa esperança. “O texto da Bula de Proclamação do Jubileu 2025 identifica alguns sinais de esperança que, neste momento, é urgente protagonizar”, afirma Juan Ambrosio que nos guia pelo itinerário traçado pelo Papa Francisco.

Ler Mais >>

A caminho de El Rocío

Cristiano Cirillo passou por terras da Andaluzia e não podia deixar de peregrinar à Romaria da Virgem de El Rocío. Um olhar atento à história, à devoção mariana que ali se vive e a toda a festa que envolve a peregrinação.

Ler Mais >>

Dia dos Irmãos

“Se não formos fraternos, não somos humanos”, escreve a Comissão Episcopal do Laicado e Família na mensagem para o Dia dos Irmãos que se celebra a 31 de maio.

Ler Mais >>