Faleceu Monsenhor José Vieira

Foi um grande defensor da imprensa de inspiração cristã e um marco na história do Jornal da Beira.

Monsenhor José Fernandes Vieira, da Diocese de Viseu, faleceu no passado dia 5 de outubro. 

Este sacerdote, que viria a dedicar grande parte da sua vida à imprensa de inspiração cristã,  nasceu na paróquia de São Martinho de Sejães a 04 de julho de 1930. Fez a sua formação nos Seminários Menor e Maior de Viseu e foi ordenado sacerdote por D. José Moreira Pinto em 1953.

Iniciou a sua vida pastoral como sub-diretor do Lar-Escola de Santo António em Viseu em 1953 e desempenhou vários cargos na diocese: Professor de Religião e Moral, Assistente da Ação Católica, Vice-Presidente do Instituto de Santa Teresinha, Capelão da Casa de Reclusão, Reitor da Igreja dos Terceiros e Capelão da Casa de Santa Zita.

No Jornal da Beira, ao serviço da imprensa católica e regionalista, esteve 46 anos nos cargos de Chefe de Redação, Administrador, Articulista, Diretor, Presidente da Fundação Jornal da Beira.

Foi Presidente do Secretariado Diocesano das Comunicações Sociais, Delegado da Rádio Renascença em Viseu, Membro da Comissão Instaladora da Universidade Católica em Viseu e do seu Secretariado Executivo, Membro do Conselho Presbiteral, Diretor do Museu da Catedral e Membro do Cabido da Sé.

Foi também um grande amigo do Instituto Secular das Cooperadoras da Família (ISCF) que aqui lhe presta uma sentida homenagem.

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Relacionado

Outras Notícias

Silêncio, por favor!

Os “ruídos de um mundo anónimo” são o tema de reflexão de Ana Medina sobre a quantidade de informação que nos chega sem que a “tenhamos pedido”.

Ler Mais >>

Um novo ano político muito importante

Em 2024, mais de 60 países vão a votos, entre os quais Portugal. Murillo Missaci reflete sobre a necessidade de envolvimento dos jovens na política “de uma forma ativa, informada, crítica e responsável, tendo como referência a sua fé, a sua identidade e sua missão como cristãos”.

Ler Mais >>

Veneza, uma história entre ocidente e oriente

O pretexto para esta viagem foi o Carnaval, mas o encanto não se ficou pelas máscaras de Veneza. A icónica praça e Basílica de São Marcos captaram a atenção de Cristiano Cirillo que nos leva numa viagem pela história deste templo.

Ler Mais >>

Promover a leitura compete a todos nós

Saber ler não significa apenas juntar letras de forma a articular palavras. Ler implica, também, “interpretar” e “compreender”. O último relatório Pisa diz-nos que nestas questões Portugal baixou o seu nível. O mote para a reflexão da professora Goretti Valente.

Ler Mais >>