Crianças e jovens de diferentes religiões cantam pela paz

No próximo sábado, 13 de novembro, vai realizar-se a terceira edição do Festival Infantojuvenil Canto pela Paz no Templo da Poesia, no Auditório Parque dos Poetas, em Oeiras

Vai ser uma tarde musical a partir das 14h00 do dia 13 de novembro, com o propósito de promover o diálogo inter-religioso através da música.
 

O festival vai reunir crianças e jovens de diferentes religiões e provenientes um pouco de todo o mundo.
 

Querem “mostrar ao mundo que as religiões não podem ser motivo de divisão, mas sim de construção de unidade entre os povos”, afirma o diretor deste projeto Canto pela Paz.
 

Filipe Dias acrescenta ainda que pretendem “provar que a paz é possível, não é uma utopia”.
 

Participam neste evento mais de 20 grupos provenientes de vários países como o “Uruguai, Itália, Filipinas, Burundi, Quénia, Líbano, Angola, Egipto, Colômbia, Brasil, Cabo Verde e ainda um grupo das Caraíbas, que é constituído por países da América Central e do Sul”.
 

De Portugal participam “10 grupos de diferentes religiões e denominações cristãs”.
 

O evento será sobretudo online.
 

Só três grupos é que vão atuar ao vivo, e também não haverá a presença de público, uma vez que quando o festival foi preparado, não se sabia ainda em que situação Portugal estaria em termos de pandemia.
 

Esta iniciativa é organizada em conjunto pela Equipa do Canto pela Paz com a Unidade Pastoral de Oeiras e S. Julião da Barra, entre outras entidades.

Fonte: Rádio Renascença

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Relacionado

Outras Notícias

Sinais de esperança, sinais proféticos

Não basta apelar à esperança, há que ser testemunha e agente dessa esperança. “O texto da Bula de Proclamação do Jubileu 2025 identifica alguns sinais de esperança que, neste momento, é urgente protagonizar”, afirma Juan Ambrosio que nos guia pelo itinerário traçado pelo Papa Francisco.

Ler Mais >>

A caminho de El Rocío

Cristiano Cirillo passou por terras da Andaluzia e não podia deixar de peregrinar à Romaria da Virgem de El Rocío. Um olhar atento à história, à devoção mariana que ali se vive e a toda a festa que envolve a peregrinação.

Ler Mais >>

Dia dos Irmãos

“Se não formos fraternos, não somos humanos”, escreve a Comissão Episcopal do Laicado e Família na mensagem para o Dia dos Irmãos que se celebra a 31 de maio.

Ler Mais >>