As famílias na intenção de oração do Papa

Viver a gratuidade do amor, aprender com os erros e encontrar a presença de Deus em todos os momentos. Neste mês de junho a intenção de oração do Papa Francisco é pelas famílias.

As famílias estão na intenção de oração do Papa para este mês de junho. Francisco pede “pelas famílias cristãs de todo o mundo, para que, com gestos concretos, vivam a gratuidade do amor e a santidade na vida quotidiana”. 

A intenção de oração deste mês, divulgada através de O Vídeo do Papa coincide com a celebração do Encontro Mundial das Famílias, de 22-26 de junho, em Roma, um evento que encerra um ano dedicado à meditação sobre a família, por ocasião do 5.º aniversário da Exortação Apostólica Amoris laetitia.

Na edição de junho de O Vídeo do Papa, produzido pela Rede Mundial de Oração do Papa em colaboração com o Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, Francisco afirma que “a família é o lugar onde aprendemos a viver juntos, a conviver com os mais novos  e os mais velhos” mas também a “estarmos unidos nas diferenças” e assim evangelizar “com o nosso exemplo de vida”.

Francisco afirma que “não existe a família perfeita” e que “não devemos ter medo dos erros” mas devemos “aprender com eles para podermos avançar”.

Na nota de imprensa que acompanha o lançamento de O Vídeo do Papa, o cardeal Kevin Farrell, Prefeito do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, realça também que “não existe a família perfeita” e que “todas as famílias têm preocupações, sofrimentos, mas também alegrias e esperanças”. Para o cardeal Farrell “são as relações amorosas entre cônjuges, pais, filhos e avós que os tornam caminhos de santidade, feitos de simples gestos diários, que pouco a pouco tornam extraordinários os momentos comuns”.

No vídeo, o Papa desta ainda a constante presença de Deus em todos os momentos da vida da família.

Onde quer que as famílias se encontrem “no vai e vem da barca agitada pelo mar”, diz Francisco, Deus está lá. “Quando discutimos, quando sofremos, quando estamos felizes, o Senhor está ai”, adianta.

“O amor na família é um caminho pessoal de santidade, para cada um de nós.  Foi por isso que o escolhi como tema para o Encontro Mundial das Famílias deste mês”

O P. Frédéric Fornos, sj, diretor internacional da Rede Mundial de Oração do Papa, no comentário à intenção de oração de Francisco, sustenta que “a família é o lugar para aprender a amar, para conviver na diferença, aprendendo com os erros, conscientes de que o Senhor está presente, ajuda e acompanha. Esta experiência da presença de Deus nasce da oração, e é, por isso, que é importante rezar pela intenção de oração do Papa”.

A nota de imprensa recorda ainda um estudo do Instituto Pew de 2021  que revelou que “o que dá sentido à existência das pessoas inquiridas é, em primeiro lugar, a família, antes da profissão, do bem-estar material ou da saúde. Por isso, é tão importante cuidar da própria família, na sua realidade concreta”, afirma a nota de imprensa.

Este é o segundo vídeo de uma série de três dedicada à família, O primeiro foi dedicado aos jovens a quem o Papa pediu que sigam o exemplo de Maria como modelo de escuta, discernimento e serviço.

IM

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Relacionado

Outras Notícias

Casamento como ato de amor e coragem

Num tempo marcado pelo efémero e pelo descarte “é preciso tomar a cultura do cuidado em relação ao matrimónio”, afirma o Pe. Quirino Sapalo, autor do livro “Casamento-to Hoje – Um desperdício de tempo ou ato de coragem”.

Ler Mais >>

Dia Mundial da População

Neste mês, a convite da ONU, assinala-se o Dia Mundial da População. Somos mais, mas não estamos equitativamente distribuídos pelas várias regiões do globo. E qual o papel da Igreja no planeamento e desenvolvimento populacional mundial. Murillo Missaci reflete sobre o tema.

Ler Mais >>

Férias “pedagógicas”

Os meses de verão são, para muitas pessoas, sinónimo de férias em família. Para as crianças são um tempo mais descontraído depois das regras e disciplina do ano letivo. Mas cuidado… não se pode ceder a todas as “exigências” das crianças. Jorge Cotovio, avô de cinco netos, deixa algumas dicas para que as crianças não esqueçam as regras básicas de convivência em período de férias.

Ler Mais >>

Santa Zita, um exemplo de ontem e de hoje, servir e trabalhar na caridade

A história de vida de Santa Zita está intimamente ligada a Lucca, em Itália. Por isso, o Dia de Santa Zita, que se assinala a 27 de abril, ganha aqui mais significado. Que o diga Cristiano Cirillo que neste dia visitou Lucca e a Basílica de San Frediano onde repousam os restos mortais da Santa que deu nome a uma das obras fundadas pelo Padre Alves Brás.

Ler Mais >>

Caneta ou teclado

A crescente digitalização chegou também à escrita e o teclado e o ecrã tomaram o lugar da caneta e do papel. Mas a escrita manual, sobretudo nos primeiros anos de escolaridade, tem um papel primordial no processo de aprendizagem da criança. A professora Goretti Valente explica porquê.

Ler Mais >>

Desafios da adoção

A adoção é sempre um desafio, mas o desafio torna-se ainda maior na adoção de crianças mais velhas, o que leva os pais adotantes a preferir crianças ainda bebés. Furtado Fernandes relata um caso de adoção de dois irmãos, com mais de 6 anos, que contraria a ideia que a adoção de crianças mais velhas é mais problemática.

Ler Mais >>