O meu filho vai para a escola!

O novo ano letivo está a começar e para muitas crianças será o primeiro das suas vidas. Goretti Valente deixa pistas sobre a preparação desta nova etapa na vida de pais e crianças.

A primeira vez que uma criança vai para a escola é sempre motivo de grande alegria mas também de alguma preocupação. Escola nova, ambiente novo, colegas e professores novos dão que pensar, a todos. Os pais são os que mais cedo se apercebem das mudanças que tudo isto vai trazer. Tentam encontrar, atempadamente, formas de preparar física e psicologicamente a nova realidade que se impõe. Como será o horário, e a turma, e o professor? Ninguém sabe, é preciso esperar com muita paciência pelo começo das aulas. Neste espaço de tempo algumas coisas devem ser criteriosamente preparadas para esta nova etapa da vida dos mais pequenos e quem sabe dos mais crescidos também. Estudar é uma nova palavra que vai começar a fazer parte da vida, para todos. Estudar é proporcionar uma nova aprendizagem e aprender é uma realidade durante toda a vida. Falar do estudo como um bem, que nos vai permitir crescer e sermos melhores pessoas, numa sociedade em constante evolução, é uma atitude positiva que, nestes momentos, todos os pais devem adotar.

 A compra do material escolar e dos livros costuma ser também uma temática do dia. A cor da mochila, o tipo de cadernos, o estojo e a lancheira são, na verdade, fatores muito importantes na preparação desta nova fase educacional. Não devem ser descurados nem motivos de discórdia. O bom senso deve imperar sempre. No entanto, apesar de tudo isto, existe também uma realidade à qual se deve dar o máximo de atenção, e que muitas vezes é ignorada por parte dos encarregados de educação, e que pode fazer toda a diferença no êxito das aprendizagens, e que é o bom funcionamento visual e auditivo. O rastreio, antes da entrada na escola, a estas duas realidades, é muito importante, é fundamental, pois pode prevenir a falta de interesse pelo estudo, a rejeição da escola, dificuldade na aquisição de conhecimentos e problemas de indisciplina. Tudo isto é preciso evitar.

Preparar a entrada na escola é, como temos vindo a perceber, uma tarefa importante e de grande responsabilidade. Não é fácil, mas com tempo, tudo se resolve. Os pais que realizam esta tarefa pela primeira vez devem dar atenção a estes pontos basilares, do início de uma longa caminhada, que se pretende seja feliz e saudável.

 Goretti Valente – Professora e Mestre em Ciências da Educação
Artigo da edição de julho 2022 do Jornal da Família

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Relacionado

Outras Notícias

Sempre o mesmo e sempre diferente Natal

“O Natal, cada Natal mostra-nos que cada homem tem a dignidade de ‘filho de Deus’ e como tal deve ser amado e respeitado. O Natal desafia-nos a tornar-nos semelhantes a Jesus na prática do amor e da justiça, fazendo o bem, construindo a paz”. O Natal nas palavras de Otávio Morgadinho.

Ler Mais >>

Os nossos ‘maiores’

A sociedade conseguiu aumentar a esperança média de vida, mas ainda não se organizou para dar resposta a essa realidade. “O que fazer com os nossos ‘maiores’?” é a pergunta deixada por Juan Ambrosio que convida à reflexão.

Ler Mais >>

Pedagogia Natalícia, simples, fácil e atual

A azáfama que antecede o Natal é também uma caminhada para a sua vivência em família, na escola e na sociedade em geral. Goretti Valente convida-nos a uma reflexão sobre os temas humanistas que brotam da História de Belém para que a Paz seja o “verdadeiro presente”.

Ler Mais >>

Bom dia, meu irmão!

Jorge Cotovio andou por terras de missão. Passou duas semanas na missão católica da cidade das Neves, distrito de Lembá, em S. Tomé e Príncipe, a cargo das Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição – CONFHIC. Uma experiência que partilhou no Jornal da Família.

Ler Mais >>

Gestão do stress

“Comportamentos vitamina geram energia positiva, tão necessária para que as famílias enfrentem, com ânimo, as tribulações com que estamos confrontados”, afirma Frutado Fernandes num artigo que nos ajuda a compreender o stress.

Ler Mais >>