O meu filho vai para a escola!

O novo ano letivo está a começar e para muitas crianças será o primeiro das suas vidas. Goretti Valente deixa pistas sobre a preparação desta nova etapa na vida de pais e crianças.

A primeira vez que uma criança vai para a escola é sempre motivo de grande alegria mas também de alguma preocupação. Escola nova, ambiente novo, colegas e professores novos dão que pensar, a todos. Os pais são os que mais cedo se apercebem das mudanças que tudo isto vai trazer. Tentam encontrar, atempadamente, formas de preparar física e psicologicamente a nova realidade que se impõe. Como será o horário, e a turma, e o professor? Ninguém sabe, é preciso esperar com muita paciência pelo começo das aulas. Neste espaço de tempo algumas coisas devem ser criteriosamente preparadas para esta nova etapa da vida dos mais pequenos e quem sabe dos mais crescidos também. Estudar é uma nova palavra que vai começar a fazer parte da vida, para todos. Estudar é proporcionar uma nova aprendizagem e aprender é uma realidade durante toda a vida. Falar do estudo como um bem, que nos vai permitir crescer e sermos melhores pessoas, numa sociedade em constante evolução, é uma atitude positiva que, nestes momentos, todos os pais devem adotar.

 A compra do material escolar e dos livros costuma ser também uma temática do dia. A cor da mochila, o tipo de cadernos, o estojo e a lancheira são, na verdade, fatores muito importantes na preparação desta nova fase educacional. Não devem ser descurados nem motivos de discórdia. O bom senso deve imperar sempre. No entanto, apesar de tudo isto, existe também uma realidade à qual se deve dar o máximo de atenção, e que muitas vezes é ignorada por parte dos encarregados de educação, e que pode fazer toda a diferença no êxito das aprendizagens, e que é o bom funcionamento visual e auditivo. O rastreio, antes da entrada na escola, a estas duas realidades, é muito importante, é fundamental, pois pode prevenir a falta de interesse pelo estudo, a rejeição da escola, dificuldade na aquisição de conhecimentos e problemas de indisciplina. Tudo isto é preciso evitar.

Preparar a entrada na escola é, como temos vindo a perceber, uma tarefa importante e de grande responsabilidade. Não é fácil, mas com tempo, tudo se resolve. Os pais que realizam esta tarefa pela primeira vez devem dar atenção a estes pontos basilares, do início de uma longa caminhada, que se pretende seja feliz e saudável.

 Goretti Valente – Professora e Mestre em Ciências da Educação
Artigo da edição de julho 2022 do Jornal da Família

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Relacionado

Outras Notícias

Vida medicamente assistida

Por uma vida medicamente assistida contra uma morte medicamente assistida. Furtado Fernandes inúmera o que “queremos” e o que “rejeitamos” para salvaguardar a dignidade humana.

Ler Mais >>

Carteiras escolares para Cabinda

As crianças do Complexo Escolar Missionário Brazita, a Cargo das Cooperadoras da Família, em Cabinda, precisam da sua ajuda. Saiba como pode colaborar na aquisição de 50 carteiras escolares para equipar duas novas salas de aula.

Ler Mais >>