Pedagogia Natalícia, simples, fácil e atual

A azáfama que antecede o Natal é também uma caminhada para a sua vivência em família, na escola e na sociedade em geral. Goretti Valente convida-nos a uma reflexão sobre os temas humanistas que brotam da História de Belém para que a Paz seja o “verdadeiro presente”.

A época de Natal é a mais festiva do ano, e todos, sem exceção, procuram viver este momento num clima de Paz e Alegria. Em casa prepara-se o presépio e a árvore para a festa. Projeta-se a visita à família ou o acolhimento da mesma. Telefona-se aos amigos, escrevem-se postais, enviam-se mensagens e desenham-se cenários fascinantes. Registam-se um sem número de tarefas inerentes ao momento, até mesmo aquelas que se tornaram mais comerciais para a época, os presentes. Mas é, sem qualquer tipo de dúvida, uma caminhada de Natal.

 Nas escolas preparam-se atividades diversificadas nas modalidades de contos, canções, ações de solidariedade e voluntariado, debates, seminários, reproduções artísticas, pinturas, visitas de estudo, concursos, convívios, escrita criativa, e um sem número de outras atividades que poderíamos aqui registar alusivas à época. Na verdade tudo isto tem um caráter pedagógico, pois permite informar, formar, refletir, criar, participar, socializar e aprender.

A simbologia das figuras marcantes desta época, os contos com ela relacionados, os poemas e as canções tradicionais podem tornar-se grandes momentos de reflexão e de aproximação, o que se torna positivo em termos educacionais, uma vez que contribuem para a aquisição de novos conhecimentos, partilha de ideias e formação, de uma forma salutar.

 A leitura de um simples conto de natal, ou melhor, da mais simples e bela história de natal, o Nascimento de Jesus, pode fazer maravilhas em contexto escolar ou mesmo familiar. Experimentem! Embora a história seja conhecida de todos, às vezes há quem consiga fazer leituras diferentes de acordo com a sua personalidade ou momento de vida. Há abordagens fantásticas da mesma realidade que, partilhadas e refletidas, permitem um diálogo construtivo inter-geracional e uma aprendizagem bem mais aprofundada de grandes temas, donde se podem retirar grandes lições para a vida. É uma vertente da pedagogia do natal.

O amor, a partilha, a humildade ou mesmo a generosidade, a amizade, o acolhimento, e a família são grandes temas da Humanidade que se destacam na História de Belém, sempre atuais e que permitem agradáveis momentos de reflexão e crescimento individual ou em grupo. Neste Natal, em família ou na turma, aproveitemos a oportunidade que temos de poder falar ou debater alguns dos melhores, porque importantes para o desenvolvimento de cada um, enquanto ser humano, preocupado com a construção de um mundo melhor, onde a Paz seja um verdadeiro presente.

Bom Natal! Bom Ano! Fiquem bem!

Goretti Valente
Artigo da edição de dezembro de 2022 do Jornal da Família

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Relacionado

Outras Notícias

Juntos na Esperança

Instabilidade económica e social marcam o arranque do ano 2023 e o futuro é visto com apreensão. Uma radiografia cinzenta do mundo em que vivemos onde o teólogo Juan Ambrosio descortina sinais de esperança.

Ler Mais >>

Obrigado!

Campanha de Angariação de Fundos está a equipar duas novas salas de aula, com 50 secretárias escolares, no Complexo Missionário Brazita em Cabinda, Angola, a cargo das Cooperadoras da Família.

Ler Mais >>