O Botãozinho é finalista do “Bairro Feliz” e precisa da sua ajuda

Até ao dia 25 de novembro, sempre que vá ao Pingo Doce da Riviera, em Carcavelos, e obtenha “Uma Moeda Bairro Feliz” deposite-a na caixa com a letra “A”. Está a ajudar as crianças do Botãozinho a adquirir material informático.

O Botãozinho, Centro de Cooperação Familiar em Carcavelos, candidatou-se ao programa “Bairro Feliz”, um programa de responsabilidade social das lojas Pingo Doce que já vai na 3ª edição. Mas para ganhar precisa da ajuda de todos os seus “vizinhos”.

Em cada ano, as comunidades de cada bairro, onde existe uma loja Pingo Doce, podem apresentar ideias que promovam um impacto positivo na vizinhança e contribuam para o bem-estar dos seus moradores.

As crianças do equipamento social O Botãozinho, que há longos anos trazem muita alegria à vizinhança do bairro, resolveram candidatar-se ao programa “Bairro Feliz” para adquirir equipamentos informáticos.  

Depois da análise e validação das candidaturas, a ideia apresentada pelo Botãozinho  é uma das ideias finalistas e é aqui que conta com a ajuda de todos para poder ganhar o apoio do programa “Bairro Feliz”. É que são os clientes de cada loja Pingo Doce, enquanto membros da comunidade, que vão votar na ideia preferida.

Na loja Pingo Doce do Riviera, a loja do bairro onde está inserido O Botãozinho, já foram colocadas à votação da comunidade as ideias finalistas a concurso. A ideia apresentada pelo Botãozinho corresponde à caixa com a Letra “A”. O dia da abertura contou com a alegria das crianças deste equipamento social e com a simpatia da loja Pingo Doce que lhe ofereceu algumas guloseimas.

Até ao dia 25 de novembro, sempre que vá ao Pingo Doce da Riviera e realize uma compra igual ou superior  a 10 euros recebe “Uma Moeda Bairro Feliz” para poder votar na sua causa favorita. Mas não se esqueça de colocar todas as moedas na caixa com a letra “A”. A letra “A” de AMOR, AMIZADE, AMIGO. Assim está a contribuir para que o Botãozinho consiga os tão desejados equipamentos informáticos.

Juntos, queremos fazer bairros e crianças felizes.

O Botãozinho

Partilhar:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn
Relacionado

Outras Notícias

Cultura do descarte

“A cultura do descarte é uma das mais significativas sequelas do vírus do narcisismo”, escreve Furtado Fernandes num artigo que reflete sobre o provisório e o efémero que caracterizam a atualidade.

Ler Mais >>

Em Roma, uma Igreja que fala português

Uma eucaristia em Roma para fazer memória das virtudes heroicas do Pe. Alves Brás deu o mote à rubrica mensal de Cristiano Cirillo pela beleza da espiritualidade em viagem. Por entre a vida e Obra do Fundador da Família Blasiana, ficamos a conhecer a Igreja de Santo António dos Portugueses em Roma.

Ler Mais >>

Padre Joaquim Alves Brás celebrado em Roma

Com os olhos postos no centenário da sua ordenação sacerdotal, o Pe. Alves Brás foi celebrado em Roma por ocasião das datas do seu nascimento e morte. A Igreja de Santo António dos Portugueses acolheu a celebração eucarística e Murillo Missaci conta-nos os pormenores.

Ler Mais >>

Celebrar e fazer acontecer o novo e a novidade

Num tempo de interpelações e desafios constantes “não nos podemos esquecer deste recomeço, desta novidade e deste novo que cada Páscoa nos lembra e volta a fazer acontecer”, diz-nos Juan Ambrosio na sua crónica mensal para o Jornal da Família.

Ler Mais >>