Papa anunciou ano especial dedicado à família

Papa anunciou ano especial dedicado à família
Iniciativa assinala 5.º aniversário da exortação “Amoris Laetitia” e começa a 19 de março.

Por decisão do Papa Francisco vai celebrar-se o Ano “Família Amoris Laetitia”. Terá início a 19 de março de 2021, 5.º aniversário da Exortação Apostólica “Amoris Laetitia”, e terminará a 26 de junho de 2022, por ocasião do X Encontro Mundial das Famílias em Roma. 

 

O anúncio foi feito pelo Papa no dia em que  a Igreja assinalou a festa litúrgica dedicada à Sagrada Família (primeiro domingo depois do Natal).

 

“Vai haver um ano de reflexão sobre a Amoris Laetitia. Será uma oportunidade para aprofundar os conteúdos do documento. Estas reflexões vão ser colocadas à disposição das comunidades eclesiais e das famílias, para os acompanhar no caminho”, indicou Francisco, durante a recitação do ângelus, na biblioteca do Palácio Apostólico do Vaticano.

O Ano “Família Amoris Laetitia” é uma iniciativa que está sob coordenação do Dicastério para os Leigos, Família e Vida e “pretende chegar a todas as famílias do mundo por meio de várias propostas de caráter espiritual e cultural, a serem realizadas nas paróquias, dioceses, universidades, no contexto dos movimentos eclesiais e das associações familiares”, pode ler-se no documento sobre a iniciativa. 
 

“O objetivo é oferecer à Igreja oportunidades de reflexão e estudo para viver concretamente a riqueza da exortação apostólica Amoris Laetitia”, acrescenta o documento.
 

O texto de apresentação remete para o tempo de pandemia que colocou em “evidência o papel central da família como Igreja doméstica e a importância dos laços comunitários entre as famílias”.
 

O Ano “Família Amoris Laetitia” tem como obetivos “difundir o conteúdo da exortação apostólica “Amoris Laetitia”, “anunciar que o sacramento do matrimónio é uma dádiva”, “tornar as famílias protagonistas da pastoral familiar”, “consciencializar os jovens sobre a importância da formação à verdade do amor e ao dom de si” e “alargar o olhar e a ação da pastoral familiar”.
 

Para levar a cabo estes objetivos o documento sugere algumas iniciativas e apela a que outras propostas possam ser implementadas ao nível das igrejas locais.  

Uma das iniciativas já está agendada de 9 a 12 de junho de 2021. Trata-se do  Fórum “A que ponto estamos com a Amoris Laetitia?" Estratégias para a aplicação da exortação apostólica do Papa Francisco” e vai reunir os responsáveis da pastoral familiar das Conferências Episcopais, Movimentos eclesiais e Associações Internacionais de Família.

 

Outra das iniciativas do projeto é a divulgação  de “10 Vídeos Amoris Laetitia” onde o Papa explica os capítulos da exortação apostólica. 
 

Entre outras iniciativas haverá ainda uma Jornada para os avós e os idosos e a iniciativa “Caminhando com as famílias”, 12 propostas pastorais concretas para caminhar com as famílias, inspiradas na Amoris Laetitia.
 

Serão ainda divulgados subsídios sobre  espiritualidade familiar, formação e ação pastoral sobre a preparação do matrimónio, educação dos jovens para a afetividade e sobre a santidade dos casais e das famílias que vivem a graça do sacramento. 

 

Ao longo do Ano decorrerão ainda simpósios académicos internacionais para aprofundar os conteúdos e implicações da exortação apostólica. 


“Caminhando com as famílias”
12 percursos para aplicar a Amoris Laetitia

 

1- Fortalecer a pastoral da preparação para o matrimónio com novos itinerários catecumenais

2 - Potenciar a pastoral de acompanhamento dos esposos

3 -  Organizar encontros entre pais e filhos sobre a educação dos filhos e sobre desafios mais atuais

Promover encontros de reflexão e discussão sobre a beleza e as dificuldades da vida familiar

5 - Intensificar o acompanhamento dos casais em crise
6 - Inserir casais de esposos nas estruturas diocesanas e paroquias para configurar a pastoral familiar e a formação dos agentes pastorais, dos seminaristas e dos sacerdotes para que estejam à altura dos desafios de hoje, colaborando com as famílias 

7 - Promover nas famílias a sua natural vocação missionaria
8 - Desenvolver uma pastoral dos idosos

9 - Envolver a pastoral juvenil com iniciativas de reflexão e discussão sobre questões como a família, casamento, castidade, abertura à vida, uso das redes sociais, pobreza, cuidado da criação
10 - Promover a preparação para  o X Encontro Mundial das Famílias

11 - Lançar iniciativas de acompanhamento e de discernimento para as famílias feridas

12 - Organizar nas paróquias e nas comunidades grupos de aprofundamento sobre a “Amoris Laetitia

 

IM

Segunda, 28 de Dezembro de 2020