Papa lembra que «o casamento não é apenas um ato social»

Papa lembra que «o casamento não é apenas um ato social»
Francisco convida a “rezar pelos jovens que se preparam para o matrimónio” e afirma que “casar e partilhar a vida é algo maravilhoso”.

Para o Papa Francisco “casar e partilhar a vida é algo maravilhoso” e convida a rezar, durante este mês de junho, pelos jovens que se preparam para “o matrimónio com o apoio de uma comunidade cristã”.
 

“Rezemos pelos jovens que se preparam para o matrimónio com o apoio de uma comunidade cristã, para que cresçam no amor, com generosidade, fidelidade e paciência”, pede Francisco, no vídeo com a intenção de oração para este mês.

 

Na mensagem distribuída pela Rede Mundial da Oração do Papa (RMOP), ligada à Companhia de Jesus (Jesuítas), Francisco começa a perguntar se “será verdade que os jovens não se querem casar, especialmente nestes tempos tão difíceis”.
 

O Papa realça que o casamento “não é apenas um ato ‘social’ mas uma vocação que “nasce do coração”, é uma decisão consciente “para toda a vida, que exige uma preparação específica”.
 

“Deus tem um sonho para nós, o amor, e pede-nos que o tornemos nosso. Façamos nosso o amor que é o sonho de Deus”, explica.
 

Francisco salienta que “casar e partilhar a vida é algo maravilhoso”, é uma viagem trabalhosa, por vezes difícil, chega a ser conflituosa, “mas vale a pena animar-se”.
 

“Nesta viagem de toda a vida, a esposa e o esposo não estão sozinhos, Jesus acompanha-os”, refere.


 

Segundo a subsecretária do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida (Santa Sé) “é de fundamental importância anunciar a força e o poder do sacramento como vocação”, numa sociedade secularizada que “não acredita mais no casamento”.
 

“Mostrar que as relações familiares podem ter um valor salvífico para as pessoas e ser um caminho de santidade. Trata-se de levar concretamente Cristo à vida das famílias”, acrescentou Gabriella Gambino.
 

Por sua vez, o diretor internacional da Rede Mundial de Oração do Papa sublinha que o casamento é uma vocação, “uma resposta ao chamamento do Senhor” e a decisão de casar e constituir família “é fruto do discernimento”.
 

“Viver o sonho que Deus tem para nós – o amor – pede apoio e acompanhamento da comunidade”, realça o padre Frédéric Fornos.
 

A fundação pontifícia RMOP destaca ainda que esta intenção do Papa Francisco surge pleno Ano ‘Família Amoris Laetitia’, que começou a 19 de março e termina a 26 de junho de 2022.
 

Na Igreja Católica existe o movimento Centros de Preparação para o Matrimónio (CPM) que tem como objetivo dedicar-se à preparação dos noivos para o matrimónio e tem como finalidade promover sessões com pedagogia e metodologia própria, baseadas na revisão de vida e testemunho vivencial apoiados na reflexão e no diálogo conjugais.
 

O ‘Vídeo do Papa‘ é uma iniciativa global desenvolvida pela Rede Mundial de Oração do Papa (Apostolado da Oração) para difundir as intenções mensais do Santo Padre sobre os desafios da humanidade, que conta com a colaboração do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida.

 

Fonte: Agência Ecclesia

 

Quarta, 2 de Junho de 2021