Papa incentiva os casais à santidade e destaca importância da família para a Igreja e a sociedade

Papa incentiva os casais à santidade e destaca importância da família para a Igreja e a sociedade
É o terceiro vídeo do ano especial ‘Família Amoris Laetitia’ e nele o Papa incentiva os casais à santidade e destaca a importância da família para a igreja e sociedade.

O Papa incentivou as famílias à santidade, afirmando que cada esposo nos seus matrimónios “pode ser santo” se desejar, numa videomensagem dedicada à exortação ‘Amoris Laetitia’, que conta com o testemunho de um casal de Taiwan.

“Cada família é um bem, uma força para a Igreja: A beleza do dom que se gera na família, a alegria pela vida que nasce e o cuidado dos pequeninos, dos doentes, dos idosos, tornam cada família insubstituível, não só na Igreja mas na sociedade inteira”, disse Francisco.

No terceiro vídeo do ano especial ‘Família Amoris Laetitia’, o Papa afirma que a Igreja quer acompanhar as famílias e fazer com que “cada família seja um pilar da evangelização”, “com o mesmo olhar de ternura e misericórdia que Jesus tinha”.

“Com o sacramento do matrimónio toda a família recebe a graça para se tornar uma luz na escuridão do mundo”, realça.

No vídeo, Francisco pergunta se “conhecem algum casal de esposos santos” e adiantando que existem “números processos de beatificação para esposos santos”.

“Santos juntos, seja o marido, como a mulher, pessoas normais, gente comum que através do matrimónio testemunharam o amor de Jesus”, acrescentou, salientando que “cada um dos seus matrimónios pode ser santo se desejarem”.

Ângela e António, casal de Taiwan, participa neste vídeo com o seu testemunho, afirmando que “a família é uma vocação”.

“Depois de 31 anos de vida matrimonial, confirmamos que o sacramento do matrimónio torna as coisas possíveis com Jesus”, disse António.

Ângela, por exemplo, recordou que na juventude disseram-lhe que “não podia ter filhos” mas têm três, e Maria, a terceira filha, nasceu em 2005, quando já tinha 43 anos.

“Sempre pusemos a família como primeira prioridade antes do prazer pessoal ou carreira profissional”, acrescentou.

O Dicastério Leigos, Família e Vida (Santa Sé) está a produzir uma série de dez vídeos e subsídios mensais, em colaboração com o Dicastério para a Comunicação, no contexto do ano especial ‘Família Amoris Laetitia’

A Igreja Católica está a viver um ano dedicado à família, pelos cinco anos da publicação da exortação apostólica do Papa Francisco sobre a família, que começou na solenidade de São José (19.03.2021) e decorre até à celebração do X Encontro Mundial das Famílias, em Roma (26.06.2022).

A ‘Amoris Laetitia’ (A Alegria do Evangelho) tem com nove capítulos, mais de 300 pontos, e foi publicada em 2016, após duas assembleias do Sínodo dos Bispos (2014 e 2015).

Fonte: Agência Ecclesia

 

Quarta, 2 de Junho de 2021