Propostas da Pastoral Familiar do Patriarcado no âmbito do Dia dos Namorados

Propostas da Pastoral Familiar do Patriarcado no âmbito do Dia dos Namorados
No âmbito da celebração do Dia dos Namorados, dia 14 de fevereiro, a Pastoral Familiar do Patriarcado de Lisboa vai levar a cabo a 4ª Caminhada para Namorados e Casais Novos.

A Pastoral Familiar do Patriarcado de Lisboa promove no dia 16 de fevereiro uma Caminhada para Namorados e Casais Novos (até sete anos de casamento), desde o Forte de Stº António (São João do Estoril) até Cascais. Com o tema “Não sejas morno” (Cf. Apoc. 3,15), os participantes terão oportunidade de refletir sobre esta temática e medir a “temperatura” da relação. 

A Caminhada para Namorados e Casais Novos  é uma das iniciativas anuais levadas a cabo pela Pastoral do Matrimónio que também promove um Retiro Anual para namorados e casais novos. Embora a caminhada seja conjunta, o Retiro é separado mas decorre nos mesmos dias: 30 e 31 de março.

Para o Pe. Jorge Anselmo, da Pastoral Familiar do Patriarcado de Lisboa, o que se pretende “é proporcionar um tempo, uma vivência em Igreja em que estes pares de namorados tenham a possibilidade de rezar a sua vocação”.  A premissa é que enquanto namorados cristãos se  “predisponham a fazer um caminho marcado pelos valores e critérios da sua fé”, afirma o sacerdote. O que a Pastoral Familiar propõe é espaços e momentos próprios para fazer esse caminho. O objetivo é que os casais sintam que a “Igreja também os acompanha e também lhes dá momentos e  vivências para os ajudar a fazer esse caminho em termos vocacionais”.

Mas para além de “rezar a vocação” há também a dimensão mais humana, mais relacional, mais dialogante. O objetivo é que os namorados tenham um tempo em que possam refletir porque, muitas vezes,  o namoro passa e as questões ficam por aprofundar. A Pastoral Familiar pretende colocá-los perante questões quer do ponto de vista evangélico, quer do ponto de vista moral ou do ponto de vista da humanidade e afetividade que qualquer namoro comporta”.

Para além do trabalho levado a cabo pela Pastoral Familiar junto dos namorados há também uma presença mais efetiva  levada a cabo pelo  Setor  da Animação Vocacional do Patriarcado. A iniciativa  “terças.com namorados”, que decorre uma vez por mê na Igreja de Nossa Senhora de Fátima, na Avenida de Berna, em Lisboa, “é um encontro que pretende olhar o tempo do namoro como tempo de discernimento, de descoberta da vontade de Deus, de aprofundamento do olhar sobre o outro e sobre mim”, lê-se na página da internet sobre a iniciativa. 
 

Sexta, 1 de Fevereiro de 2019