Jovens promovem novena de oração pela vida

Jovens promovem novena de oração pela vida
No aniversário do referendo de 2007 um grupo de jovens católicos organiza uma novena para rezar por todas as pessoas afetadas pelo aborto em Portugal.

Um grupo de jovens católicos está a organizar uma novena pró-vida, para assinalar os 12 anos desde o referendo que liberalizou o aborto em Portugal.

O grupo, que se chama Gaudium Vitae, pretende que esta seja uma iniciativa em prole de “todas as pessoas que foram afetadas por esta lei, tanto as mulheres como as crianças e as famílias”.

João Araújo, um dos membros do Gaudium Vitae, explica que a ideia da novena rapidamente ganhou asas e ultrapassou fronteiras, havendo várias ordens religiosas ou conventos que se quiseram associar. “Neste momento temos, em Portugal, as Clarissas, Aliança de Santa Maria, Arca de Maria e muitas outras. Também temos vários mosteiros de clausura e alguns padres em Espanha e pessoas em Itália, França, Alemanha, Costa Rica, São Tomé, Ucrânia, Filipinas, Belém, Jerusalém, duas comunidades no Brasil e também nos Estados Unidos.”

A novena é uma tradição muito antiga na Igreja, que consiste em rezar a mesma oração durante nove dias seguidos. Pode ser feita individualmente ou em comunidade. A oração para esta novena em particular está disponível nas contas das redes sociais da Gaudium Vitae.

“A oração é feita por cada um individualmente, no sítio onde está. Não é nossa intenção promover encontros nalgum sítio especial, mas as pessoas estão mais que à vontade para se concentrarem, aliás, Cristo até dizia ‘onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, estarei no meio deles’, portanto se quiserem fazer isso agradecemos e ficamos muito felizes. Mas isto não é condição essencial, cada pessoa reza onde e quando quiser”, diz João Araújo.

Grande parte dos jovens do Gaudium Vitae tinha menos de 10 anos na altura do referendo de 2007. Mas longe de ser uma questão distante ou resolvida, João Araújo, que tem 20 anos, diz que vê grande interesse pelo assunto entre a sua geração.

“A última atividade que organizámos foi um terço pela vida, onde participaram cerca de 140 pessoas, na maioria jovens. Também já organizámos uma conferência em que apareceram cerca de 80 jovens, explicando a realidade do aborto em Portugal hoje em dia. É um tema que interessa aos jovens, mais até do que seria de esperar”, refere.

O começo da novena está marcado para segunda-feira, dia 11 de fevereiro, precisamente o 12.º aniversário do referendo de 2007, e termina no dia 19.

Fonte: Rádio Renascença

Segunda, 11 de Fevereiro de 2019