Bispos portugueses apelam ao voto

Bispos portugueses apelam ao voto
Os bispos portugueses apelam ao voto e recordam os princípios fundamentais do pensamento social católico

O porta-voz da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) espera uma “participação ativa” nos próximos atos eleitorais (Regionais da Madeira a 22 de setembro e Legislativas a 6 de outubro).

 

“O apelo é de sempre: é que as pessoas tenham uma participação ativa e a participação ativa é votando, mas para votar é bom que conheçam bem todos os projetos”, referiu o padre Manuel Barbosa, em conferência de imprensa, após a reunião mensal do Conselho Permanente da CEP, realizado a 10 de setembro.

 

O padre Manuel Barbosa recordou o “documento de fundo” que a CEP publicou em abril, sobre esta temática intitulado “Um olhar sobre Portugal e a Europa à luz da Doutrina Social da Igreja’sublinhando que este documento quis ser um contributo da CEP, como “voz da Igreja”, num ano de eleições (Europeias, Regionais na Madeira e Legislativas), para salientar quatro valores fundamentais do pensamento social católico: dignidade humana, bem comum, solidariedade e subsidiariedade.

 

O secretário da CEP deixou votos de que “todos os cidadãos participem neste ato tão importante na democracia em Portugal”, a respeito das próximas Legislativas, de 6 de outubro, realçando que “o voto é sempre pessoal, livre, responsável e consciente”, fruto de um “correto discernimento”.

Quarta, 11 de Setembro de 2019