Com sobriedade e intensidade

Numa época com forte apelo ao consumismo, Juan Ambrosio evoca a ‘Laudato si’ para nos alertar para o sobriedade sem nunca perder o sentido cristão do Natal.

Haverá anos letivos tranquilos?

Um olhar pelo passado para constatar que a instabilidade do presente não é algo novo. E em matéria de educação, mais do que lamentar a “instabilidade ” do arranque de mais um ano letivo, há que transmitir “serenidade e confiança às crianças e aos jovens”. O artigo de Jorge Cotovio na edição de novembro do Jornal da Família.

Se queres a paz, prepara-te para a paz

Perante um mundo que nos é apresentado com “horrorosas imagens da guerra”, Juan Ambrosio acredita que “o mundo e a existência” continuam a ser “sustentados pelo amor e pela bondade”. E a chave para a paz reside na educação.

O digital e o real no mundo da Educação

Passamos cada vez mais tempo “ligados” ao mundo digital. O tema merece reflexão, sobretudo quando se trata de crianças. Para Goretti Valente “uma dependência em demasia do digital pode não ser a melhor opção para crescer e se atualizar”.

Educar para a verdade

“No meio de tanta mentira e de meias-verdades de adultos (…) como educar os filhos para a verdade?, pergunta Jorge Cotovio. Uma resposta “simples” mas de “cumprimento difícil”, confessa.

Dignificar a educação é cuidar o futuro

No final de um ano letivo marcado por forte contestação dos professores, a Comissão Nacional Justiça e Paz publica uma nota em que apela à “necessidade de olhar com outros olhos para os professores e reconhecer a dignidade e a importância da sua missão”.

Escola em alta tensão

É urgente “valorizar e dignificar a profissão docente”, defende Jorge Cotovio num artigo sobre o ensino e a importância do professor, numa altura em que a Escola vive tempos de “tensão”.

O meu filho vai para a escola!

O novo ano letivo está a começar e para muitas crianças será o primeiro das suas vidas. Goretti Valente deixa pistas sobre a preparação desta nova etapa na vida de pais e crianças.